Estratégias

Os impactos que a pandemia trouxe para as clínicas de saúde

Parcerias entre empresas são vantajosas para organizações dos mais diversos segmentos. Na área de saúde, não é diferente. No Brasil, vivencia-se um grande colapso do sistema de saúde, seja ele público ou privado.

Os impactos que a pandemia trouxe para as clínicas de saúde

De acordo com um levantamento realizado pelo Grupo São Marcos Laboratórios, mencionado em uma entrevista para o Jornal Estado de Minas, as clínicas de saúde no país têm sofrido com uma diminuição de até 70% dos atendimentos realizados para exames de análise e até 90% de baixa de atendimentos para exames de imagem. Essa diminuição dos atendimentos exigiu diversas adaptações frente ao novo cenário vivenciado.

Soluções frente à pandemia do Covid- 19

Para enfrentar esse momento de crise, as clínicas de saúde precisaram realizar algumas mudanças para se enquadrarem nessa nova realidade.

Como exemplo, algumas empresas optaram pela suspensão dos atendimentos em algumas clínicas, diminuindo a equipe de trabalho e adaptando alguns funcionários ao modelo home office. Além disso, têm-se aumentado o espaçamento no local interno das clínicas e reduzido o horário de atendimento nas unidades atendentes para melhor organizar o fluxo de pessoas.

Quando realizados os atendimentos de forma presencial, as clínicas de saúde buscam seguir rigorosamente todas as orientações passadas, tanto pela ANVISA, quanto pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em relação à pandemia do coronavírus e suas formas de enfrentamento.

Dessa forma, todos os funcionários devem utilizar Equipamentos de Segurança Individual (EPI), como luvas, avental, óculos, máscaras cirúrgicas e máscaras face shield, de acordo com a necessidade de cada função. Além disso, há um aumento de funcionários no que diz respeito à limpeza e assepsia do local clínico.

Tecnologia como ferramenta

Com a diminuição dos atendimentos presenciais nas clínicas de saúde, observou-se um grande aumento nos atendimentos domiciliares.

Dessa forma, muitas empresas que diminuíram o pessoal interno nas unidades físicas, acabaram aumentando a equipe de atendimento domiciliar e incluindo em seus serviços a realização de exames que não precisam de deslocamento até a clínica, não sendo possível então, a realização de exames como mamografias e tomografias.

Além da realização de exames através do atendimento domiciliar, quando necessário, há também clínicas que utilizem da telemedicina como ferramenta frente à restrição de atendimentos presenciais nas clínicas de saúde.

A telemedicina, através da recente portaria de número 467, foi destacada como modelo emergencial de atendimento de saúde por meio da tecnologia, podendo ser realizados atendimentos via internet, chamados teleatendimento e teleconsulta.

No entanto, quando pensamos na dificuldade que um paciente enfrenta após uma consulta, quando precisa buscar por outro serviço, como exames específicos, e não sabe onde encontrar, pensamos em maneiras de facilitar essa busca, ainda mais em tempos de pandemia.

É pensando nessa problemática que a plataforma Nema Saúde busca a facilitação de negócios, unindo clínicas especializadas com clínicas não especializadas, explorando a indicação de serviços em um modelo de rentabilidade que contempla tanto indicador, quanto executor, além de propiciar descontos para seus pacientes.

Precisa de ajuda?

Obtenha respostas para perguntas comuns e acesse o suporte de serviço.

Ver perguntas frequentes
Atendimento via email
comercial@nemasaude.com.br